Ana Vieira Ribeiro

AnaVR

Viver todos os dias cansa
2016

Li, há muitos anos, um livro composto de pequenas histórias do quotidiano. Seduziu-me a simplicidade com que eram relatados, e a frase que lhe dá o título – “Viver todos os dias cansa1 – nunca deixou de me assombrar. Existe entre esse livro e esta série uma semelhança de fundo: ambos anseiam elevar ao estatuto de Obra as pequenas coisas.

Ler mais
Exposições

“Viver todos os dias cansa”, Associação 25 Abril, curadoria de Andreia César, 2016

“Práxis”, Galeria da Ordem dos Arquitetos, curadoria de Andreia César, 2016